Programa de empreendedorismo Tourism Explorers está de regresso a Setúbal

Setúbal / Programa de empreendedorismo Tourism Explorers está de regresso a Setúbal

Evento conta com o apoio do IPS e tem inscrições abertas até 07 de outubro

Setúbal, 05 de agosto de 2020 – O Tourism Explorers, reconhecido como o maior programa nacional de criação e aceleração de startups na área do Turismo, está de regresso à cidade do Sado, com o apoio do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) e coordenação local da docente Teresa Costa, da Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE/IPS). A participação é gratuita e as inscrições estão abertas até ao dia 07 de outubro, em www.tourismexplorers.pt.

A iniciativa, que já vai na sua 4ª edição, resulta de uma parceria entre a aceleradora Fábrica de Startups e o Turismo de Portugal, apostando mais uma vez na capacitação de empreendedores de todo o país, como forma de contribuir para a redução das assimetrias regionais e de promover a recuperação do setor, um dos mais afetados em contexto de pandemia.

Desenvolvido em duas fases – Ideação e Aceleração –  o Tourism Explorers vai decorrer, em simultâneo (através de Live Streaming), em mais 11 cidades portuguesas, para além de Setúbal: Aveiro, Beja, Caldas da Rainha, Coimbra, Covilhã, Évora, Faro, Lagoa (São Miguel), Lisboa, Porto e Viseu.

No programa de Ideação, entre 21 e 23 de outubro, os participantes vão ser desafiados a encontrar uma solução inovadora para o problema que lhes for lançado, seguindo-se o período de Aceleração, que decorre de 03 a 26 de novembro, durante o qual as equipas terão oportunidade de testar e validar o seu modelo de negócio. A 03 de dezembro disputa-se a grande final nacional, evento onde cada vencedor local terá oportunidade de apresentar o seu projeto e a sua cidade a todo o país.

O Tourism Explorers destina-se a todos os interessados em desenvolver uma startup na área do turismo, não sendo necessária qualquer experiência anterior, em empreendedorismo ou na área do turismo, oferecendo a oportunidade de aceder a uma rede única de mentores nacionais, parceiros especialistas no setor, potenciais clientes e investidores.

Lançado em 2017, já envolveu mais de 730 empreendedores, espalhados por 17 cidades, e contribuiu para o desenvolvimento de mais de 290 startups, das quais 60 por cento continuam ativas, sendo que 23 por cento recebeu algum tipo de investimento e 13 por cento conseguiu internacionalizar o seu negócio.

A Varina e o The Cork Marketplace, negócios com impacto social e ambiental nascidos na região de Setúbal, são alguns exemplos de startups que passaram pelo Tourism Explorers, em 2019, e que vale a pena conhecer.

X